Lincoln Child

Lincoln Child

Biografia

Lincoln Child nasceu em Westport, Connecticut, terra a que ele ainda dá o nome de cidade natal (apesar do facto de ter deixado o local antes de celebrar sequer o seu primeiro aniversário e de, presentemente, apenas lá voltar aos fins-de-semana). Lincoln parece ter adquirido um interesse na escrita já nos tempos da segunda classe, altura em que escreveu um conto intitulado Bumble the Elephant (o qual, hoje em dia, se acredita que esteja perdido). Além de duas dezenas de contos escritos durante a sua juventude, ele escreveu, no décimo ano de escolaridade, um romance de ficção científica chamado Second Son of Daedalus e, no décimo segundo, uma obra tolkienesca no domínio do fantástico intitulada The Darkness to the North (tendo ficado por acabar às 400 páginas). Ambas são deliciosamente humilhantes para serem lidas hoje e são guardadas a quatro chaves pelo autor. Após uma infância que apenas lhe diz respeito a ele, Lincoln licenciou-se na Universidade de Carlton, em Northfield, Minnesota, na área de Inglês. Descobrindo um fascínio por palavras, e o hábito que estas tinham de aparecer em tantos livros, fez-se à estrada para Nova Iorque no Verão de 1979, decidido a encontrar um emprego na indústria editorial. Teve sorte e conseguiu o cargo de assistente editorial na St. Martin´s Press. Ao longo dos anos seguintes, ele escalou pela hierarquia editorial, passando por editor assistente e editor associado, antes de se tornar editor em 1984. Durante os anos que passou na St. Martin´s, esteve associado aos trabalhos de muitos autores, entre eles James Herriot e M. M. Kaye. Editou uns bons cento e poucos livros - com títulos tão variados como The Notation of Western Music e Hitler´s Rocket Sites - mas dedicava-se essencialmente à ficção popular americana e à britânica. Ainda na St. Martin´s, Lincoln organizou várias colecções de contos de terror, começando com as colecções de capa dura Dark Company (1984) e Dark Banquet (1985). Mais tarde, ao fundar a famosa secção de terror da empresa, ele editou mais três colecções de contos de terror, Tales of the Dark 1-3. Em 1987, ele deixou o mundo da edição para trabalhar na MetLife. Numa transição algo súbita, ele passou da edição de manuscritos, de apresentações em conferências e jantares com agentes para programações e análises de sistemas altamente técnicas. Embora esta mudança possa parecer bizarra, Lincoln era um génio inventivo desde tenra idade, e a sua larga experiência em programação remonta aos tempos de escola secundária, onde ele trabalhava com mini-computadores DEC e o agora pré-histórico IBM 1620, tão antigo que, na verdade, tinha uma máquina de escrever eléctrica montada no seu painel frontal. Longe da indústria editorial, o interesse de Lincoln pela escrita regressou. Enquanto estava a trabalhar na MetLife, a obra Relíquia foi publicada, e passados poucos anos Lincoln estaria a deixar a empresa para se dedicar a tempo inteiro à escrita. Actualmente mora em Nova Jérsia (contrariado... estamos a brincar), com a sua mulher e a sua filha. Verdadeiro diletante, os interesses de Lincoln incluem: literatura e poesia anteriores aos anos 50; ficção popular pós anos 50; tocar piano, vários instrumentos MIDI, e o banjo de 5 cordas; História inglesa e americana; motas; arquitectura; música clássica, jazz, blues e R&B; papagaios exóticos; linguagens de programação esotéricas; caminhadas pelas montanhas; gravatas; fatos italianos; chapéus; arqueologia; e jogos em rede.

Obras do Autor

Relicário

19,03 € 9,51 €

Visite-nos em:

Revista Bang Instagram Nora Roberts facebook youtube
Amplitude Net - e-Business