Acha que sabe tudo sobre vinho? Novo livro tira todas as teimas

 A que temperaturas devemos servir o vinho? E em que tipo de copos? Será que o sabe combinar com a comida? E como é que o guarda em casa? Maria João de Almeida lançou um verdadeiro manual para apreciadores de vinhos.
 

 

Maria João Almeida, jornalista e crítica de vinhos/Foto: Pedro Bettencourt

A jornalista Maria João de Almeida quer fazer de qualquer pessoa um craque em vinho, por isso, criou um manual para leigos com uma linguagem acessível, descontraída e bem-humorada. Com ilustrações da cartoonista Cristina Sampaio, o novo livro das Edições Saída de Emergência intitula-se "O Vinho na Ponta da Língua".

O SAPO Lifestyle esteve à conversa com a autora.

SAPO Lifestyle: Vou desafiá-la. O vinho não sabe todo ao mesmo? 

Maria João de Almeida: Portugal tem uma diversidade de castas e estilos de vinho e por isso nunca poderia saber tudo ao mesmo. Essa é, aliás, uma das nossas grandes vantagens em relação ao mercado internacional. Enquanto a maioria dos países produtores de vinho se entretêm em fazer vinhos baseados em castas francesas, Portugal tem mais de 300 castas identificadas. Esta é uma riqueza única e inigualável. Já que não podemos vencer no mercado internacional em quantidade, vencemos pela qualidade e originalidade.

SAPO Lifestyle: A temperatura afeta assim tanto o sabor do vinho? 

Maria João de Almeida: Claro que afeta. Dois vinhos iguais, em copos iguais, a diferentes temperaturas parecem vinhos diferentes. Nas minhas formações faço sempre essa rasteira e as pessoas erram sempre dizendo que são vinhos diferentes. O vinho é um ser vivo, que vai evoluindo dentro do copo desde que sai da cave de temperatura controlada até à temperatura ambiente. O segredo é deixá-lo desvendar lentamente os seus segredos, à medida que a temperatura aumenta.

SAPO Lifestyle: Consegue eleger um vinho preferido?

Maria João de Almeida: Nem pensar. Gosto de provar de tudo um pouco, sem preconceitos. Hoje existem bons vinhos em todas as regiões portuguesas e, por isso, a experiência de provar vários vinhos é muito interessante. Mas, se me perguntar qual é a região que mais me surpreende, posso dizer-lhe que é o Dão. Tem vinhos muito interessantes, com uma frescura e mineralidade que me agradam muito. São muito equilibrados.

SAPO Lifestyle: Que dicas rápidas daria a alguém que tem sempre dúvidas na hora de escolher (um bom) vinho?

Maria João de Almeida: Que nunca tenha medo de assumir os seus gostos pessoais, mas que não se acomode à sua zona de conforto. Ou seja, não escolha sempre vinhos das mesmas regiões... Arrisque! Só assim descobrirá bons vinhos em regiões diversas. Por outro lado, tente ler mais sobre o assunto, consulte guias de vinho e revistas da especialidade. E vá mais a garrafeiras do que a supermercados, porque nas garrafeiras há sempre alguém conhecedor a quem pode pedir conselhos. 

SAPO Lifestyle: É possível numa prova fingir-se que se sabe muito de vinho?

Maria João de Almeida: Claro. Coloca-se um ar de pavão e começa-se a dar bitaites (risos). São os enochatos, ou poetas do vinho. Uma verdadeira seca. Quando nos deparamos com uma personagem destas, mais vale deixá-lo a falar sozinho. As pessoas que realmente sabem não se armam em grandes sumidades.

SAPO Lifestyle: Portugal está no bom caminho no mercado do vinho e do enoturismo? Que apostas são ainda necessárias?

Maria João de Almeida: Estamos no bom caminho em ambos os casos. Os nossos vinhos e os nossos enoturismos não ficam atrás de nenhuns outros lá fora. O que é preciso é saber comunicar melhor, trabalhar mais na divulgação da nossa qualidade, dos nossos serviços. Às vezes somos ainda muito amadores nessa área, na maioria dos casos, e por isso é preciso trabalhar muito para sermos ainda mais reconhecidos…

SAPO Lifestyle: Quando se fala de vinho lá fora, ainda é difícil ouvir-se falar em Portugal? Qual é o vinho mais conhecido no mercado estrangeiro?

Maria João de Almeida: Continua a ser o vinho do Porto, mas cada vez mais se fala de vinhos de mesa. De repente Portugal ficou na moda, muito em parte devido à divulgação dos nossos vinhos através de revistas da especialidades americanas e inglesas… Mas somos falados principalmente pelos profissionais do sector, não pelo consumidor, que é a personagem fundamental nesta história. Só se houver um aumento de consumo podemos vender mais. Como já disse, é preciso continuar a trabalhar muito, muito…

SAPO Lifestyle: A quem se destina este novo livro?

Maria João de Almeida: A todos que gostam de vinho e querem saber mais sobre a matéria de uma forma descomplicada e divertida.

Publicado em 11 Novembro 2016

Arquivo

2017

2016

Visite-nos em:

Revista Bang Instagram Nora Roberts facebook youtube
Amplitude Net - e-Business