Amália - O Romance da Sua Vida - Crítica no blogue As Leituras do Corvo

Foi ao entrar pela primeira vez no Retiro da Severa que Amália descobriu que podia construir uma vida cantando. Gostava de cantar  e queria fazê-lo, mesmo apesar do medo que sempre a acompanhou, mas nunca imaginou poder alcançar a fama e a devoção que conquistaria o longo da sua vida. Este romance é a história da sua vida, enquanto fadista e enquanto mulher, apresentando os grandes acontecimentos do seu percurso, mas também os traços mais simples da sua natureza. Da mulher que não gostava de más palavras, que não conseguia ser feliz, mas tentava ser "bem disposta", que tinha sempre o medo por companhia antes de subir ao palco. Que tinha uma voz capaz de conquistar o mundo.
Sendo este romance a história da vida de Amália, é, naturalmente, nela que toda a história se concentra. Desde os primeiros passos na direcção do sucesso e até aos últimos dias, a autora percorre tanto os episódios essenciais da sua vida pública como algumas recordações mais pessoais. Tudo tendo por base uma boa pesquisa - como o comprovam as muitas referências apresentadas ao longo do livro. Há, portanto, toda uma vastidão de episódios marcantes, digam eles respeito a um grande sucesso, ao início de uma relação amorosa ou até a um momento divertido na companhia de amigos, e todos este episódios contribuem para transmitir ao leitor uma imagem muito completa e muito humana da fadista. É fácil compreender Amália, nos seus sonhos, mas também nos inevitáveis medos.
A escrita é envolvente, fluída e com um toque de poesia nos momentos certos. A narração dos acontecimentos surge de forma organizada, mas nunca demasiado linear, permitindo reconhecer os factos pelo que são, sem perder a envolvência que se espera do que é, afinal, um romance. Quanto aos intervenientes no enredo, sendo eles reais, não surpreende tanto a sua caracterização, mas mais a forma como é fácil reconhecer a força das relações. A história centra-se em Amália e, por isso, há personagens que acabam por desaparecer com o passar do tempo. Fica, principalmente para as figuras mais relevantes, a vontade de saber mais da sua vida, antes e depois (se o houve) de Amália. Ainda assim, no tempo que partilham, é fácil reconhecer os sentimentos e os sonhos em comum, e isso evoca uma muito agradável sensação de familiaridade ante o que está a ser narrado.
Trata-se, pois, de um romance envolvente, bem escrito e com um retrato muito completo da sua protagonista, tanto nos grandes episódios, como nas situações da vida privada e nos traços de personalidade que marcaram a sua forma de estar perante a vida. Um bom livro para conhecer a vida de Amália, em suma, e uma leitura cativante, das primeiras às últimas páginas.

Publicado em 5 Fevereiro 2013

Arquivo

2019

2018

2017

Visite-nos em:

Revista Bang Instagram Nora Roberts facebook youtube
Amplitude Net - e-Business