As Mentiras de Locke Lamora - Crítica no blogue Uma Biblioteca em Construção

Mas que livro! Estava eu ainda na fase inicial da leitura quando dei por mim a pensar "como fui capaz de o ter tanto tempo na prateleira? Porque não peguei logo nele?". Já há algum tempo que um livro não me agarrava tanto e que falta me fazia essa sensação.

Tal como o título sugere, toda a trama está envolta em mentiras. E Locke Lamora é o mentiroso perfeito! É impressionante ver como um jovem de tenra idade entra neste submundo que faz lembrar uma Itália Renascentista e que é descrito com uma perícia que quase nos faz acreditar que é real. De início admiramos a capacidade de iniciativa deste jovem e, mais tarde, ficamos deliciados com as elaboradas artimanhas que ele realiza para conseguir enganar e roubar os mais ricos. E Locke, apesar de ser, sem qualquer dúvida, a figura mais interessante da trama, está acompanhado por outras personagens bastante convincentes. Destaco Jean, os gémeos Galdo e Calo, Chains e Dona  Vorchenza.

A ação é imparável! Não existem momentos aborrecidos nas mais de 500 páginas de As Mentiras de Locke Lamora. Existe sempre algo a acontecer e mesmo momentos que parecem ter um final previsível surpreendem através de reviravoltas completamente inesperadas. Quando julgamos que mais nada pode acontecer o autor tira mais uma carta da manga e vira o jogo ao contrário, fazendo lembrar As Crónicas de Gelo e Fogo de George R. R. Martin (e já agora, sabiam que este autor também é fã deste livro?).

Para além do desenvolvimento da trama principal, todos os capítulos terminam com um regresso ao passado, onde é explicado ao leitor como foi a aprendizagem de Locke, o seu crescimento e como foi desenvolvida a amizade com os restantes cavaleiros bastardos. A informação não é dada ao acaso, tudo é conhecido na devida altura, de modo a explicar alguns factos e a criar uma maior empatia com estas personagens possuidoras de uma atividade tão duvidosa.

Este livro tem pontos fracos? Claro que tem, sendo que o principal é não ter mais páginas. Quero com isto dizer que gostava de ter visto alguns aspectos mais desenvolvidos e, principalmente, conhecer melhor uma certa personagem que é apenas mencionada.

A história é intensa, divertida, repleta de cenas de ação que nem sempre são resolvidas da forma esperada. O leitor está sempre a ser surpreendido através de uma leitura que se revela verdadeiramente viciante. Eu fiquei fã e mal posso esperar para ver os restantes livros publicados por cá. Recomendo!

Publicado em 19 Março 2013

Arquivo

2020

2019

2018

2017

Listas de Recomendações

A Ler (38 livros)

Visite-nos em:

Revista Bang Instagram Nora Roberts facebook youtube
Amplitude Net - e-Business