Crepúsculo de Natal - Crítica em O Sofá dos Livros

Uma a uma as irmãs Drake se vão apaixonar e os seus destinos selar. Desta vez é a Kate o centro da história, romancista e sensível, ela apaixona-me pelo antigo amigo da escola e ex-ranger Matt Grantite.
O livro está repleto de momentos hilariantes desde o primeiro momento, o que torna o livro emocionante e viciante. A relação entre os dois personagens é muito intensa e isso deve-se à situação e que os dois se encontram. Apesar de Kate ser bastante independente acaba por necessitar de Matt para a proteger de algo sobrenatural devido ao facto de ficar muito fraca sempre que usa os poderes. Por vezes repete um pouco certas coisas, como a história do chapéu de Jonas que é sempre vítima de Hannah. Isto pode ser uma tentativa de dar mais realismo à relação das irmãs com Jonas, mas por vezes falha.
Por seu lado a história do fantasma acaba por se tornar algo de estranho por vezes, como surge, a forma como actua. Mas acaba por justificar a relação entre as duas personagens.
As descrições da relação física e íntima entre os dois personagens principais são intensas e repletas de sensualidade.
É um livro para quem gosta de romance sobrenatural mais incidente na relação entre as personagens.
Publicado em 4 Dezembro 2013

Arquivo

2019

2018

2017

Listas de Recomendações

Visite-nos em:

Revista Bang Instagram Nora Roberts facebook youtube
Amplitude Net - e-Business