Fangirl opinião no blogue Bookaholic

Fangirl é o segundo livro que leio de Rainbow Rowell e não me desiludiu !  É um facto que a autora tem talento para escrever sobre as pessoas, dar-lhes personalidade e vida !
Fangirl conta a história de duas irmãs gémeas idênticas que iniciam o seu primeiro ano de faculdade. Cath e Wren têm características distintas. Cath é reservada e prefere ficar no seu quarto a escrever fan fiction de Simon Snow - que é nitidamente Harry Potter, e é bem claro que a autora fez isso propositadamente; já Wren é festivaleira e tem um talento inato para se meter em problemas.
 
 
 
Algo que adorei no livro foi os diálogos extremamente genuínos, Rowell tem como um dos seus pontos fortes a interacção entre personagens. Os detalhes e simples pormenores também conferem um tom profundo mas ao mesmo fluído à obra. A história vai alternando entre excertos dos livros de Simon Snow e excertos de fan fiction de Cath, o que se torna engraçado porque nas últimas páginas começamos já a conhecer as histórias de Snow e até queremos saber como acabam.
 
 
De início quando apareciam cinco páginas seguidas de Simon Snow só temos vontade de passar à frente e quer saber o que realmente se passa com Cath mas aviso futuros leitores para que não o façam ! Acreditem as histórias que Cath lê estão interligadas com a sua própria vida. Aliás, o fan fiction dela está cheio das suas próprias histórias. 
 
 

Uma das personagens que me irritou - no bom sentido - foi o parceiro de escrita de Cath, colega na cadeira de Escrita Criativa, Nick. Uma pessoa só quer saltar para dentro do livro dar umabelinha a Cath e prosseguir a leitura. As personagens são outro ponto alto do livro ! Porque embrenhamo-nos tanto na história, tanto na vida das personagens que é como se víssemos tudo a desenrolar perante os nossos olhos. Mais uma vez, um livro bastante visual consigo facilmente vê-lo no cinema no futuro.
 

 
Também há gargalhadas garantidas com a colega de quarto de Cath, Reagan ! Ela é durona mas com um coração mole. Ah, e as conversas no refeitório com Cath são hilariantes ! Reagan traz de certa maneira alguma ligeireza ao livro cortando com a tensão vivida, por vezes. 
 
 
Também é Reagan que apresenta Levi aos leitores e a Cath. Devo dizer que de início e - lá p'ró meio também !  - ele aborreceu-me bastante porque parecia ser apenas outro Nick
Contudo, o livro é definitivamente do ponto de vista de Cath, o que é engraçado porque aparentemente Cath adora cabelos e descrevê-los x) Achei genial da parte da autora conseguir fazer-nos ver o livro dos olhos de Cath - ao ler o fan fiction dela ainda se tem mais noção do quão intencional foi da parte de Rowell.
 
 
 
Um livro honesto, divertido e triste que retrata problemas reais e vidas humanas. Recomendo a todas as fangirls e fanboys, a todos aqueles que não acreditam neles próprios e que não sabem o quão longe a determinação pode levar-nos a vencer. Uma das leituras mais verdadeiras dos últimos tempos.
Publicado em 20 Setembro 2016

Arquivo

2017

2016

Visite-nos em:

Revista Bang Instagram Nora Roberts facebook youtube
Amplitude Net - e-Business