Highlander, Para Além das Brumas - Crítica no blogue Esmiuça o Livro

O que ainda posso acrescentar sobre Karen Marie Moning, que já não vos tenha dito?
Arrebatadora, com uma enorme capacidade descritiva, com sentido de humor sempre presente nos seus enredos. Cria cenários e personagens deslumbrantes que prendem o leitor desde das primeiras páginas, Highlander - Para além das Brumas é um romance medieval onde as viagens no tempo existem. Desta vez, K.M.M. conta-nos a história de Açor e de Adrienne.

Açor é lendário no campo de batalha e entre as mulheres, está habituado a ser desejado e a não ser negado por nenhuma mulher. Mas por outro lado nunca sentiu amor ou saciado por alguma mulher. Tanta fama traz inveja e rancor e uma fada (Adam Black) que procura em todos os tempos uma Mulher que o negasse. Adrienne é uma personagem solitária que sofreu um grande desgosto amoroso, onde foi usada. Fez uma promessa a si própria, não voltaria a apaixonar, principalmente por um homem bonito.

Adam Black quer vingar-se de Açor, e através da magia dos Tuatha De Danaan transporta Adrienne para o mundo de Açor.
Adrienne apesar de viver no século XX depressa se adapta aos costumes e forma de viver na época. A luta entre Açor e Adam por ela continua, mesmo após o casamento com Açor. Ambos estão convictos que a querem.Açor porque ela lhe despertou o coração adormecido e Adam para mostrar que é superior, para se evidenciar perante os outros.
Entre magia, feitiços e viagens no tempo começamos a nos aperceber de como o amor entre Açor e Adrienne cresce. Uma conquista mútua, com um derrubar de barreiras até se tornar impossível evitar a força desse sentimento.
O enredo tem um ritmo que vai sentir dificuldades em parar de o ler, parece que só conseguimos voltar a respirar quando chegamos à última página.
Há uma atenção especial sobre os sentimentos das personagens, de tal forma que nos identificamos de imediato. A autora não esquece os costumes, os detalhes da época o que ainda aumenta a nossa curiosidade. Quando acabo de ler um livro da autora fico sempre com a ideia de que tenho mesmo vontade de visitar a Escócia.

As personagens são hilariantes, Adrienne tem um sentido de humor e uma forma de pensar que o vai levar a dar umas gargalhadas. Vai se apaixonar por Açor, que ao sentir amor transforma-se, tornando-se uma personagem deslumbrante.

Um livro que adorei ler, só tenho pena que tenha sido editado depois de o " Amante Imortal ", onde Adam é a personagem principal.
Em Highlander - Para além das Brumas Adam é mesquinho, irritante totalmente diferente da personagem desenvolvida no Amante Imortal. Por isso se ainda não leu o Amante imoral comece por este...

Mais uma vez consegue enfeitiçar e transportar o leitor para o mundo dos Tuatha De Danaan..
Fantástico!

Publicado em 15 Março 2012

Arquivo

2019

2018

2017

Listas de Recomendações

Visite-nos em:

Revista Bang Instagram Nora Roberts facebook youtube
Amplitude Net - e-Business