Jogos Perversos - Crítica no Leitura Não Ocupa Espaço

"Jogos Perversos" insere-se no estilo literário mais em voga do momento, o erótico!
O título não esconde a natureza do seu conteúdo, e embora possam pensar que é "mais do mesmo", não devem, de todo, riscar este livro das vossas futuras leituras. Como a sinopse indica, Jack é o típico dominador, a quem Morgan recorre com o intuito de enriquecer o seu talk show de sexo, com informações de um estilo de vida alternativo, BDSM (acrónimo de "Bondage, Disciplina, Dominação, Submissão, Sadismo e Masoquismo"). Para os leitores que assistiram à imposição deste registo literário, conhecerão ou terão lido a trilogia de E. L. James "As Cinquenta Sombras de Grey", obras usadas como ponto de referência no que respeita à publicitação de todos os romances do género. Embora similares no tema, "Jogos Perversos" de Shayla Black não poderia ser mais diferente dos livros da produtora televisiva, E. L. James.
A escrita de Shayla Black revela-se bem profissional e atenta, indicando um elevado grau de pesquisa e conhecimentos por parte da autora, levando a uma leitura que mais do que entreter os seus leitores, os elucida sobre os meandros desta prática sexual.

Morgan
não é inocente alguma, mas a sua insegurança devido a um trauma amoroso do passado, deixa a sua verdadeira natureza sexual ser retraída, abstraindo a sua imaginação e curiosidade sobre o tema. Por outro lado, Jack, é dominador da cabeça aos pés, e está mais do que disposto a satisfazer a curiosidade da apresentadora, mas sempre ciente que não deverá sair da situação com o coração destroçado. É verdade que a vertente sexual está bastante patente neste livro, mas não seria um romance erótica se assim não o fosse. Mas não é tudo! "Jogos Perversos" conta uma estória romântica, misturando acção e até algum humor.
 
Shayla Black surpreendeu-me pela sensualidade da sua escrita!
 
"Jogos Perversos" não é um romance inovador, mas destaca-se entre os seus pares com uma escrita simples, directa e fluída, aliada a uma estória bem construída, com personagens sólidas e factores secundários que adicionam uma boa pitada de suspense e drama!
Publicado em 25 Novembro 2013

Arquivo

2019

2018

2017

Visite-nos em:

Revista Bang Instagram Nora Roberts facebook youtube
Amplitude Net - e-Business