Lisboa no Ano 2000 - Crítica no blogue Livros por Todo Lado

Se todas as antologias fossem assim era eu uma mulher feliz.
Acho que esta é uma excelente forma de resumir a minha experiência a ler Lisboa no Ano 2000. Adquiri este livro no Fórum Fantástico logo após o seu lançamento e lá cravei autógrafos aos autores (happy me).
Muitos contos, todos eles bem trabalhados e escritos, mas para minha infelicidade dois tinham AO logo a minha memória não os registou (sorry).
Temos nestas páginas uma Lisboa que nunca tinha visto mas que me é familiar, mesmo sendo toda ela electrificada. Uma Lisboa que qualquer um gostaria de visitar apesar dos constantes atentados e problemas que tem.
De todos, os meus favoritos são: Venha a mim o nosso reino (Ricardo Correia) tem freiras ninja e pronto, isto basta para justificar o quão bom é este conto. As duas caras de António (Carlos Eduardo Silva), Electrodependência (Ana C. Nunes), Taxidermia (Guilherme Trindade), Coincidências (Pedro Afonso) e Chamem-nos Legião (João Barreiros).
Quem não comprou compre, mas se não o apanhou no FF então terá de esperar por Janeiro que é quando chega às livrarias (se não me falha a memória).
Eu cá já o devorei até porque existe melhor forma de passar o último dia na terra que a ler sobre um possível apocalipse iminente?

Publicado em 24 Janeiro 2013

Arquivo

2019

2018

2017

Visite-nos em:

Revista Bang Instagram Nora Roberts facebook youtube
Amplitude Net - e-Business