Mark Spitzer - crítica ao Tragédia de Fidel

A tragédia de Fidel Castro de João Cerqueira é uma odisseia fantasmagórica por um universo de prosa altamente imaginativo e de descoberta.
É um realismo mágico hibrido de cordeiros de sacrificio e revolução, decadência capitalista, e consequência celestial – numa dimensão onde os mecanismos do tempo ficaram encravados. Espero que esta voz narrativa, rica e única, ilumine uma trajetória fosforescente nos anais da futura Nova Literatura do Milénio!
- Mark Spitzer - Toad Suck Review Editor
Professor of Writing at the University of Central Arkansas


Publicado em 24 Julho 2012

Arquivo

2019

2018

2017

Visite-nos em:

Revista Bang Instagram Nora Roberts facebook youtube
Amplitude Net - e-Business