O Contexto de Assassin´s Creed - Bandeira Negra

O Contexto de Assassin’s Creed – Bandeira Negra

A Era Dourada da Pirataria

Assassin’s Creed – Bandeira Negra começa em 1715, quando os piratas fundam uma república sem leis nem reis nas Caraíbas, governando as terras e os mares circundantes. Estes salteadores paralisavam forças das marinhas internacionais, impediam o livre fluxo do comércio internacional e saqueavam fortunas incomensuráveis. Ameaçaram as estruturas de poder que governavam a Europa, inspiraram e alimentaram a imaginação de milhões de pessoas, e deixaram um legado que ainda hoje perdura.

As Caraíbas na Alvorada do Século XVIII

Eis um novo mundo da saga Assassin’s Creed. Acompanha piratas lendários como o Barba Negra, Calico Jack e Benjamin Hornigold enquanto instauras uma república sem lei nas Bahamas e revives os verdadeiros e explosivos acontecimentos que definiram os tempos áureos da Pirataria. De Kingston (Jamaica) a Nassau (Bahamas), atravessa ilhas e correntes oceânicas e explora lugares através do olhar de um pirata.

Edward Kenway

Edward Kenway é o pirata que lidera esta viagem – jovem, arrogante e temível, a sua habilidade com a espada e desdém pela autoridade granjeiam-lhe o respeito de piratas lendários como Barba Negra.

Publicado em 18 Setembro 2014

Arquivo

2019

2018

2017

Listas de Recomendações

Visite-nos em:

Revista Bang Instagram Nora Roberts facebook youtube
Amplitude Net - e-Business