O Império Final - Crítica em O Sofá dos Livros

Eu sou uma fã de fantasia e nunca me recuso a ler um livro deste estilo literário. “O Império Final” é o primeiro volume de uma trilogia que BrandonSanderson escreveu e que a Saída de Emergência vai publicar.
Sanderson criou um mundo em que a escravidão e o desprezo reina. Ao longo do romance é bem patente a fonte de inspiração e todo o trabalho de investigação que o autor realizou para criar o universo onde acontece a acção e também a forte mensagem que ele tenta transmitir aos leitores.
Os Skaa são uma raça que é muito desprezada e tratada como sendo inferiores,  são usados e são tomados como propriedades, muito semelhante com o aconteceu na nossa história com os descobrimentos e a escravidão que dominou a terra durante séculos.
Por seu lado os nobres são retratados como arrogantes e não se preocupando muito com as questões morais do que fazem, apenas lhes interessa agradar ao Senhor Supremo e cair nas suas graças de forma a terem mais poder e assim poderem destruir uma casa rival. Mas nem todos são assim, tal como nem todos os Skaa ficam de braços cruzados e se deixam levar pelos caprichos dos seus senhores.
Achei bastante interessante a grande diversidade das personalidades e a grande complexidade das suas relações, cada um dos círculos onde ocorre a acção são completamente díspares. E a facilidade com que viajamos entre cada uma delas é prova da versatilidade do autor e do seu talento enquanto escritor.
A personagem que mais me surpreendeu foi o Kell, inicialmente ele transmitiu-me uma ideia que se revelou ser diferente do que eu tinha. Por seu lado, Vin começa por ser uma incógnita e conforme ela vai aprendendo mais sobre si própria e sobre o mundo ao qual pertence.
As personagens que os odeiam são tão interessantes e complexas quanto as principais e possuem uma dimensão própria, é fácil de imaginarmos o que vai acontecer quando eles não estão com as personagens principais, têm um passado e um futuro.
O ritmo que o autor impõe ao leitor é agradável e aumenta gradualmente a tensão. Ao longo do romance tentamos descobrir quem é o Senhor Supremo e qual era o seu verdadeiro objectivo.O final é o clímax da história e nos deixa com curiosidade de saber mais e de ver como as coisas vão evoluir.
Publicado em 20 Junho 2014

Arquivo

2017

2016

Visite-nos em:

Revista Bang Instagram Nora Roberts facebook youtube
Amplitude Net - e-Business