O Mistério de Charles Dickens Vol. II - Crítica em Leituras do Fiacha


Definitivamente este é o meu escritor favorito da coleção BANG e espero que a Editora continue a incluir os seus livros no catálogo.

Quanto ao livro, e repetindo o que já tinha dito no anterior, pode-se considerar um livro algo descritivo, mas cuja descrição se torna necessária para que se faça o devido enquadramento da época em que ocorrem os acontecimentos. O que aqui se verifica é um exaustivo trabalho de pesquisa que é qualitativamente superior quando comparado ao de outros escritores, logo estamos na presença de um romance histórico fantástico.

Mas é, igualmente, um livro excelente pela forma como vem sendo construído, envolto em mistério, suspense, muito ópio, bem como pela forma como nos vai prendendo. As personagens são fantásticas, a começar pelo narrador da história, Wilkie Collins, escritor e amigo pessoal de Dickens, que nos descreve a vida final do seu amigo que sofre um acidente ferroviário. Um personagem inteligente, mas mesquinho, medroso, invejoso, algo receoso, mas que acaba por ser um personagem complexo e bem real.

Há um acontecimento que irá marcar a vida do nosso narrador e que nos irá causar uma sensação de estranheza até ao final do livro que acaba por ter um final muito bem conseguido. Mais não digo pois não quero estar a efetuar spoilers.

Confesso que não é o meu livro preferido deste autor, mas não se iludam, estamos na presença de um grande escritor, que bem merece ter muitos mais leitores e que nos apresenta outro livro fantástico. O seu trabalho é digno do melhor que se publica na coleção, e constitui mais uma pérola que a SDE publica. O escritor, pelo que sei, tem bons livros de FC, espero que a Editora o volte a publicar e por favor ousem ler este escritor pois é daqueles que não engana!

PS: Depois de conhecer um pouco melhor a vida de Charles Dickens, que ainda não tive o prazer de ler, sigo agora para outro livro onde o protagonista é outro escritor - Os Olhos de Allan Poe de Louis Bayard

"Uma viagem alucinante através de um labirinto tortuoso em que se revela um retrato sombrio dos minotauros que lá habitam. O génio artístico é o verdadeiro mistério da obra e à sua beira reside o abismo." -Guillermo Del Toro, Realizador de Hellboy

Publicado em 9 Abril 2014

Arquivo

2019

2018

2017

Listas de Recomendações

Visite-nos em:

Revista Bang Instagram Nora Roberts facebook youtube
Amplitude Net - e-Business