O Prisioneiro da Árvore - Crítica no blogue Morrighan

Finalmente chega até nós o quarto e último volume da maravilhosa obra que é As Brumas de Avalon. Ao longo dos últimos três livros, temos vindo a acompanhar a história do grande rei Artur, da sua irmã Morgaine, do seu companheiro Lancelet e da rainha Gwen. No fim d'O Rei Veado a tensão era palpável. Artur virou costas ao seu juramento a Avalon e até o próprio Kevin é dado como traidor.

O Prisioneiro da Árvore é uma obra intensa. A tentativa de ressuscitar os antigos costumes e de preparar um novo Rei Veado, por parte de Morgaine, faz-nos lembrar os tempos pacíficos em que Avalon reinava, mas sabemos que dificilmente ela conseguirá os seus propósitos. Entretanto, a fé do Deus cristão cresce e espalha-se, qual erva daninha, toldando a visão dos homens, tornando-os intolerantes em relação a outras crenças.

Serão mesmo todos os deuses um único deus? Ou haverá uma separação realmente real entre o Deus de Cristo e a Deusa de Avalon. Dizem que o próprio José de Aritmeia foi educado em Avalon e lá deixou o seu cajado que deu origem ao Espinheiro Sagrado. Conseguirá o homem, ou a mulher, ter realmente controlo sobre o destino que lhe aguarda?

Este é dos meus volumes preferidos. Acaba por reflectir todo o percurso da humanidade em termos de crenças e até mesmo de discussões teológicas ao longo dos últimos séculos. Centrado no ponto de vista feminino, e porque antes da nova fé se ter estabelecido, a mulher tinha um papel preponderante na sociedade, a autora leva-nos pela mão através de cenários que nos fazem sentir todo o tipo de emoções. Amor, carinho, traição, revolta e uma sensação de impotência perante os desígnios que fogem ao nosso controlo.

A escrita da autora é envolvente e mágica. As personagens, de intensidade já conhecida, atravessam agora uma fase em que caminham para o declínio, mas ainda assim mantém-se fiéis a si mesmas. O que será do Rei Veado quando o jovem veado crescer? Finalmente temos a resposta a esta pergunta.
Uma obra emocionante e que deixa, sem dúvida, a sua marca no leitor.

Publicado em 19 Dezembro 2012

Arquivo

2020

2019

2018

2017

Visite-nos em:

Revista Bang Instagram Nora Roberts facebook youtube
Amplitude Net - e-Business