Órfão X - Opinião no blogue Stone Art Books

Tiveram de me chamar duas vezes para ir levar uma injecção. E mais do que uma vez para a fisioterapia. Cheguei a casa e disse - desculpem, vou ali acabar este livro e já falamos. E o culpado? Órfão X. O primeiro duma série que, a avaliar por este primeiro volume, será de acompanhar da primeira à última linha.

Órfão X não nos dá um momento de pausa. Os acontecimentos sucedem-se a uma velocidade vertiginosa, com voltas e reviravoltas (da primeira à ultima página, literalmente), impróprio para cardíacos ou para quem queira um livro relaxante (creio que, a determinada altura, até olhei por cima do ombro para ver se estava tudo tranquilo por aqui).

Evan é o Órfão X, treinado para ser o melhor entre os melhores assassinos. Mas quando o programa que o treinou é cancelado por causa duma fuga de informação, Evan opta por colocar os seus atributos ao serviço dos mais desesperados, de pessoas para quem a esperança já morreu. Até que um dia descobre que há mais como ele. E que o querem matar. A todo o custo.

Um thriller com sabor adocicado, contribuindo (e bem) para isso Peter e a sua mãe, Mia. Quem pode sobreviver sem um pouco de amor e de doçura? Evan achava que sim, mas percebe, com Peter e Mia, que afinal é preciso mais do que ser quase um autómato.

Mais uma vez, a minha aposta em autores que desconheço volta a compensar. Sai, mais uma vez da minha zona de conforto, de autores que conheço e gosto para ser agradavelmente surpreendida. Depois deste primeiro volume, espero ansiosamente pelo segundo volume, até porque o epílogo deste primeiro livro me deixou com imensa vontade de ir já a correr comprar o seguimento. Parece é que ainda não está à venda o que pode dificultar...

Publicado em 30 Setembro 2016

Arquivo

2017

2016

2015

Visite-nos em:

Revista Bang Instagram Nora Roberts facebook youtube
Amplitude Net - e-Business