Segredo de Prata - Crítica no blogue Morrighan

Uma Mercy sem sarilhos, nem sequer é ela própria. A cada volume vamo-nos habituando ao facto de ela ser um grande íman de problemas quando ela só quer um pouco de paz para colocar as ideias em dia. Tendo aceite ser a companheira de Adam, muitas adaptações e ajustes há a fazer, mas quando sente que o bando começa a mexer com a sua cabeça, o desespero começa a corroer-lhe a mente.

Como se não bastasse, mais uma vez se vê envolvida num enigma feérico e a rainha das fadas não vai desistir enquanto não obtiver o que quer, mesmo que isso custe a vida dos mais queridos de Mercy.
Não havendo duas sem três, Samuel atingiu um estado de depressão tal que o seu lobo teve de tomar controlo. Mas Sam, o lobo, apesar de ser bem mais pacífico que o normal, em breve pode entrar em descontrolo levando à morte de ambos. Como irá Mercy lidar com todos estes problemas e ainda salvar Samuel?

Adam, o lobisomem Alfa, acaba sempre por levar com grande parte das consequências dos sarilhos em que Mercy se vê enfiada. Quando a caravana de Mercy arde por completo, Adam quase perde a cabeça e enfia-se no meio das labaredas para a procurar, não a encontrando em lado algum. Fica cheio de queimaduras severas e quase perde o controlo para o seu lobo. Mercy não estava presente e os membros do bando que a guardavam, sabiam-no e não avisaram o Alfa. Alguém traiu Adam. Mais, aproveitando-se do seu estado debilitado, desafiam-no!

Uma vez mais temos um volume com grande dose de acção e emoção. Numa altura em que os laços de amizade deviam estar mais fortes, é quando parece que o caos se instala por todo o lado. No entanto, acaba por ser quando os verdadeiros amigos e aliados se manifestam. Patricia Briggs presenteia-nos com mais um grande volume nesta saga da Mercy Thompson. Gostei.
 

Publicado em 5 Junho 2012

Arquivo

2019

2018

2017

Visite-nos em:

Revista Bang Instagram Nora Roberts facebook youtube
Amplitude Net - e-Business