Submissa - Crítica no Segredo dos Livros

Sem dúvida alguma que os contos eróticos estão na moda neste momento e tudo graças à tão conhecida trilogia "Cinquenta Sombras".
Em "Submissa", acompanhamos as aventuras de Kimber que procura Deke para a iniciar na sexualidade e num mundo até então desconhecido, o menage, para assim estar à altura de Jesse, a pessoa por quem está apaixonada.
Logo nas primeiras páginas, damos conta da existência de três personagens principais: Kimber, Deke e o seu amigo Luc, que protagonizam as primeiras aventuras desta trama. Apesar de evidenciarmos uma relação promissora entre Kimber e Deke, é Luc quem mais me chama a atenção, por ser tão carinhoso e compreensivo para com Kimber.
Um dos aspetos positivos deste livro é o facto de não estarmos perante "mais um livro" deste género, isto porque não encontramos aqui nenhum jovem milionário com gosto em ser dominador e uma jovem virgem ansiosa por entrar nos seus jogos sexuais. Além deste aspecto, tem também o fator mistério/suspense, o que, juntamente com o romance a despoletar entre as personagens principais, é óptimo e enriquece o tema. Em contrapartida, confesso que não gostei muito de alguma linguagem escolhida, um pouco forte demais.
No geral, é um livro bastante interessante e que se lê facilmente. Não cai no erro de ser mais do mesmo, dentro deste género literário.

Publicado em 8 Novembro 2013

Arquivo

2019

2018

2017

Visite-nos em:

Revista Bang Instagram Nora Roberts facebook youtube
Amplitude Net - e-Business